domingo, 20 de novembro de 2011

Agility em Casa

    Não posso considerar como treino o que faço aqui em casa. Mas, às vezes, monto o salto bem mais baixo do que o usual, porque o chão do quintal é duro, e "treino" um pouco. 
    Dá para treinar zona em degrau e algumas coisas pequenas coisas no salto. Uso mais para fixar alguns exercícios...Mas, o lance mesmo é levar o salto para o parque e treinar na grama.
    Agora, eu acredito que se deva ter muito cuidado para praticar agility em casa. Principalmente, quem nunca treinou e vai começar a fazer a coisa de orelhada.
    Treinar em locais inadequados, com piso inadequado, sem orientação, pode comprometer a saúde do cão, sem dúvida. Acidentes podem acontecer mesmo treinando em locais apropriados, imagine fazendo tudo errado. Então, muito cuidado ao fazer o agility caseiro!
    Esse dog da foto buscou a maneira mais difícil de passar o salto, será que conseguiu?!

6 comentários:

  1. Nem me fale, Daniel, nem me fale!!! Acho que bom senso deve ser usado pra não machucar o dog né, mas acidentes acabam acontecendo. Aqui em casa, mesmo com "grama", barras de bambu que são mais leves eu acabei deixando o Elvis com 2 patas (como o Fabiano diz, rss). Caiu no meio da asa, derrubou umas 200 vezes a barra (tudo culpa minha). Tá certo que o dog não é tão novo mas, mesmo tomando cuidado acontece.
    Agora sobre o que você faz, acho que é treino sim, porque vc não faz ele pular só pra pular, sem objetivo e nem treina zona de contato no degrau por treinar. Isso é trabalho de fundamento do Agility, o que na minha opinião é tão fundamental ou mais como qualquer exercício em pista. É esse o caminho! Pelo menos eu acho.

    ResponderExcluir
  2. Aleijou o Elvis?!...rsrs.
    Mas, acontece... Uma vez, na Cãopetição, o Cookie tentou se matar no muro, também...rsrs.

    ResponderExcluir
  3. Verdade, eu que não tenho como treinar Agility em uma escola adequada vou começar em casa mesmo. Com certeza farei TUUDO errado, mas vale a pena, pois a Sofia se diverte bastante! Todos os obstáculos serão bem baixos e fáceis...segurança é tudo! Já que aqui em casa só tem piso duro/frio fica dificil de praticar, acho terrivel só ter escolas de Agility a alguuuns quilometros daqui! =/

    ResponderExcluir
  4. Puxa, Daniel… Eu ando no mesmo dilema… Fiz um salto "tabajara" de pvc e de vez em quando vou com o Gringo para um campinho de futebol perto de casa. Devo parecer um maluco andando com o cachorro na guia e um monte de cano nas costas… Tô na fissura de construir pelo menos mais uns dois saltos e um slalon (que são os obstáculos mais fáceis de improvisar).

    ResponderExcluir
  5. Pois é, Karine...tome cuidado com pisos escorregadios! Não vale a pena arriscar não. E, realmente, dependendo de onde você mora, as escolas mais próximas ficam bem longe.

    No campo de futebol é bacana, Anderson! Também tô afim de arrumar mais um salto pra treinar no Ibira. Também me senti meio esquisito andando na rua com os canos....rsrsrs. As pessoas devem pensar: "Meu o que esse louco vai fazer com o cachorro?"

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir